Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/05/2009 07:40

Quadrilha invade casa, rende e agride prefeito

João Humberto e Ângela Kempfer, Campo Grande News

Quadrilha armada com pistolas invadiu ontem, por volta das 19h45, a residência do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), localizada na Rua da Paz, no Jardim dos Estados.

No momento em que estava fazendo a barba, ele foi surpreendido por 4 homens que o mantiveram refém por cerca de 10 minutos.

Ao Campo Grande News, Nelsinho disse que os bandidos estavam de "cara limpa", sem capuz, e que o agrediram, mandaram deitar no chão, amarraram suas mãos e um deles chegou a pisar na sua cabeça.

Conforme o líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Paulo Pedra (PDT), que foi até o local após ser chamado por Trad, a ação foi rápida e pode envolver até 6 assaltantes.

"Depois de render Nelsinho, os ladrões começaram a revirar o quarto", conta o vereador. Paulo Pedra diz que o prefeito sofreu pressão psicológica e está com alguns ferimentos nos punhos. Nelsinho relatou que um dos bandidos ameaçou cortar um dos dedos dele, contudo, foi repreendido por outro que disse “não faz isso, o prefeito é do bem”, conta Paulo Pedra.

No momento do assalto estava dentro da residência apenas o prefeito e do lado de fora um vigia e o motorista. Antes de invadir a casa, dois homens renderam os funcionários.

Segundo o vereador, na semana passada o filho de Nelsinho foi alvo de uma tentativa de assalto, também na porta da residência. "Existe a possibilidade de serem as mesmas pessoas", comenta.

Paulo Pedra diz ainda, que nesta noite não houve roubo de dinheiro, apenas algumas jóias de pequeno valor foram levadas.

Susto - Há anos trabalhando com Nelsinho, o motorista Miltom Pupi conta que nunca havia sido assaltado. Hoje, teve uma pistola apontada para a cabeça e depois foi amarrado com cadarço de tênis, assim como o segurança que estava junto dele no momento da abordagem.

"Acho que eles estavam esperando a gente. Foi só chegar, deixar o Nelsinho e eles já dominaram nós dois. Eram seis ou sete e fugiram de carro, porque não ouvi barulho de motos", conta o motorista que diz ter estacionado o carro na Rua Paraíba, onde fica a garagem da residência que faz esquina com a Rua da Paz. "O Nelsinho saiu e eles chegaram. É de assustar", lembra.

Após o assalto, quando os bandidos fugiram, um dos funcionários conseguiu se desamarrar e ajudou o prefeito.

Nelsinho fez questão de esclarecer o episódio ao Campo Grande News dizendo que não vai "se intimidar diante dos bandidos". Ele não acredita em ação do crime organizado ou por qualquer motivação que não seja roubo.

Movimentação - Na casa estiveram logo depois do crime o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, e quatro delegados, mas ainda não foi informado quem ficará responsável pela investigação.

O vice-prefeito Edil Albuquerque também passou pelo local e disse "lamentar a violência".

A esposa do prefeito, Antonieta Trad, chegou à residência momentos depois, assim como o irmão do prefeito, deputado Marquinhos Trad. "Todo mundo aqui é gente simples, não temos o costume de andar com muita segurança",justificou sobre a aparente fragilidade na vigilância da casa do prefeito da Capital.

Depois do crime, dois homens da Polícia Militar foram destacados para fazer a guarda na residência.

Com compromissos em São Paulo, o prefeito Nelsinho Trad se recompôs do susto e embarcou ainda ontem, na companhia do diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, à Capital paulista.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)