Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/04/2015 16:58

Quadrilha anuncia venda de diploma do MEC e registro da OAB na internet

Campo Grande News

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul) alerta para a ação de uma quadrilha que vende registros da entidade por meio de sites na internet. O caso chegou ao conhecimento do presidente da instituição, Júlio Cesar Souza Rodrigues, na manhã desta sexta-feira (17), que denunciará o golpe à PF (Polícia Federal) para que seja apurado.

Os anúncios prometem entregar a documentação “sem burocracia” e com “sigilo total”. Também são oferecidos diplomas de cursos técnicos de segundo grau, com registro no MEC (Ministério da Educação), além de vagas em cursos de medicina em universidades públicas e particulares.

“Registro na OAB é personalíssimo e só pode requerê-lo quem é bacharel em Direito aprovado no exame de ordem. É o próprio candidato que faz o pedido. O que me chamou a atenção é que o número de contato é de outro estado. É como se vendesse uma atividade de fácil tramitação”, afirma Júlio César.

Ele relata que imediatamente encaminhou o material para o setor jurídico da Ordem, que está preparando um documento para a denúncia. “O golpista coloca um e-mail que deve ser falso. É por isso que tem que ser investigado. Para ver se o localizam”, opina.

O número informado pelo golpista na internet tem DDD da Bahia. Não é informado o valor que ele cobra pela documentação ilegal.

A pena prevista no Código Penal Brasileiro para falsificação ou alteração de documentos públicos é de dois a seis anos de prisão, caso haja condenação pela Justiça, além de multa. Já em casos de documentos particulares, a pena varia de um a cinco anos de prisão e multa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)