Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/05/2016 11:30

Pulseira dá choque em quem gasta muito dinheiro

180 Graus

Se está difícil controlar sozinho o impulso de comprar, agora você pode levar um choque de uma pulseira que o lembrará que está gastando dinheiro demais. A invenção é da empresa de tecnologia britânica Intelligent Environments, que lançou ontem a primeira plataforma bancária ligada a objetos conectados no mundo.

O “banco da internet das coisas", como é chamado na Inglaterra, detecta automaticamente gastos excessivos e, em seguida, dá um choque elétrico no usuário através de uma pulseira. Na verdade, a plataforma não é um banco, mas um canal conectado à uma conta bancária ou a um cartão de crédito, que transmite as informações para a pulseira.

O usuário define um limite mínimo de saldo bancário e, quando a conta estiver perto desse valor, recebe uma mensagem no celular. Se mesmo assim não respeitar o limite, ele recebe um choque de 225 volts no pulso para que não tente comprar algo. A ideia é que, com o tempo, os choques treinem o cérebro para controlar melhor os gastos.

A pulseira é um dos objetos que podem ser conectados à plataforma, mas outros ainda devem ser lançados futuramente, como sinalizadores que usam luzes.

E quando a pulseira chegará ao Brasil? Ainda não há previsão. Até mesmo entre os bancos e operadoras de cartões da Inglaterra o dispositivo é uma novidade e está sendo avaliado com certo cuidado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)