Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/11/2006 14:51

Puccinelli planeja cortes para obter superávit em abril

Graciliano Rocha

O governador eleito André Puccinelli (PMDB) disse hoje que ainda não sabe qual será a extensão e onde ocorrerão os cortes no custeio da máquina que pretende fazer a partir de janeiro. Puccinelli tem afirmado que o Estado vem trabalhando com um déficit operacional de R$ 1 milhão por dia. O arrocho no gasto público tem como objetivo tornar a contabilidade do Estado superavitária ainda no primeiro semestre.

Ele voltou a afirmar que uma das prioridades da reforma administrativa que deverá estar formatada até 25 de novembro será a redução do número de cargos comissionados (cujos ocupantes não passam por concurso público), mas também afirmou que ainda não existe um parâmetro do quanto deverá ser cortado. O governador Zeca do PT se comprometeu a enviar para a Assembléia Legislativa ainda este ano o projeto da reforma proposta pelo novo governo.

“Ainda não temos isso [os cortes] definido porque ainda estamos recebendo informações do governo e analisando onde é possível cortar e onde não. O nosso objetivo é cortar o máximo possível sem comprometer a qualidade do serviço público”, disse o governador ao deixar o prédio onde está trabalhando a equipe de transição no final da manhã de hoje.

Puccinelli afirmou que o desafio no campo das contas públicas é combinar os cortes de custos já no início do mandato para fazê-los pelo menos ‘empatar’ até abril quando o início da negociação da safra agrícola começa a engordar a arrecadação de ICMS (principal tributo estadual).

Se a estratégia funcionar, disse, haverá superávit nos meses em que a arrecadação costuma subir – abril, maio e junho, no primeiro semestre, e outubro, novembro e dezembro.

Contando com apoio da opinião pública e da Assembléia no início do mandato, o futuro governador espera concentrar nos primeiros meses de gestão as medidas amargas para, se conseguir o superávit no final do primeiro semestre, fazer caixa para tocar investimentos – em especial aqueles através de emendas ao Orçamento Geral da União.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)