Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/06/2007 16:04

Puccinelli admite rever valor de repasses aos poderes

Humberto Marques - Campo Grande News

O governador André Puccinelli (PMDB) admitiu nesta segunda-feira (11 de junho) que poderá rever os índices de repasses para os Poderes, dentro do projeto que estabelece as Leis de Diretrizes Orçamentárias do governo estadual para 2008. Em Corumbá, onde participa de atividades alusivas aos 142 anos da batalha de Riachuelo, o chefe do Executivo estadual comentou a “chiadeira” na Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Ministério Público e Defensoria Pública, por conta dos ajustes realizados no valor do duodécimo, no início de seu governo.

“Está uma pressão danada, porque eu reduzi tanto que a Assembléia estaria nos índices atuais me devendo R$ 5 milhões. O Tribunal de Contas estaria me devendo R$ 4 milhões. O Tribunal de Justiça estaria me devendo um pouquinho. Eu apertei demais o parafuso”, afirmou Puccinelli, prometendo analisar a situação dos órgãos que operam com mais dificuldades financeiras. “Vamos ver aqueles estão mais deficitários em relação ao governo do Estado, para que desapertemos um décimo de volta o parafuso”, prosseguiu.

Após ser anunciado o resultado final das eleições de 2006, Puccinelli iniciou negociações com representantes dos cinco Poderes, no intuito de conseguir a redução nos percentuais que cada um têm direito em relação à receita líquida estadual. A medida foi tomada em virtude de dificuldades no caixa estadual – que levaram, também, à redução do custeio e ao corte de programas sociais.

Nesta semana, Puccinelli deve concluir as negociações sobre o duodécimo aos Poderes. Até a próxima sexta-feira (15 de junho), o projeto da LDO - incluindo os valores dos repasses - deverá ser remetido à Assembléia Legislativa para votação. (Com informações do Diário Corumbaense)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)