Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

02/12/2003 04:46

Provão : UNE considera avanço a nova proposta

Marina Domingos/ABr

A nova proposta de avaliação para o ensino superior anunciada, hoje, pelo Ministro da Educação, Cristovam Buarque, prevê a adoção do Índice do Desenvolvimento do Ensino Superior, que será contabilizado a partir de quatro indicadores: o processo de ensino, o processo de aprendizagem (exame para os alunos), a capacidade institucional e a responsabilidade social de cada curso. Para o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Gustavo Peta, a proposta pode ser considerada um avanço, mas é preciso garantir que os pesos dos quatro indicadores sejam equilibrados, para que não exista cobrança maior sobre o aluno.

“A gente acredita que o peso maior tem que ser dado à questão da responsabilidade social, e à questão da avaliação institucional da universidade. A prova pode ser mais um instrumento, mas não pode ser o instrumento principal da avaliação. Tem que ver qual é o papel que a universidade cumpre, dentro de qual ponto de vista estratégico e, ainda, quais são, do ponto de vista institucional, as condições que a universidade tem”, afirmou Peta, logo depois de encontrar-se com o ministro Cristovam.

Os representantes das universidades de todo país também estiveram reunidos com o ministro para conhecer o novo sistema de avaliação, e receberam bem a nova proposta. “É importante porque valoriza todo o sistema de educação superior, com toda sua heterogeneidade. Nosso sistema, não só o federal, mas todo ensino superior brasileiro é heterogêneo, diversificado, é plural. É preciso que o processo de avaliação considere essa pluralidade, mas também o que cada uma dessas instituições tem nas regiões onde estão inseridas”, disse a presidente da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições de Ensino Superior (Andifes), Wrana Panizzi.

Para ela, o prazo de três anos oferecido pelo sistema para que as universidades se “recuperem” dos maus indicadores, é considerado razoável. “É um tempo bastante significativo para que as faculdades possam ter um projeto acadêmico mais aperfeiçoado e possa caminhar na boa direção. Agora, uma coisa é certa: todas as instituições e todos os projetos acadêmicos têm que, permanentemente, se estruturarem e se transformarem para poder acompanhar a sociedade, que muda muito rápido”, alertou Wrana Panizzi..

O projeto de lei com o novo sistema será apresentado hoje no Senado Federal e, logo depois, encaminhada à Casa Civil para aperfeiçoamento no texto. Em seguida, o projeto voltará ao Congresso para ser votado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)