Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/12/2004 10:00

ProUni dispõe de mais de 118 mil bolsas

ACS - MEC

O Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação oferece 118.078 vagas em 1.142 instituições filantrópicas e privadas de todos os estados e do Distrito Federal. São 76.037 bolsas integrais e 42.041 parciais, de 50% do valor do curso. A quantidade de bolsas aumentou desde o encerramento do prazo de adesão das instituições de ensino porque algumas encontraram dificuldades técnicas para concluir o processo, o que levou o MEC a aceitar as adesões até o dia de hoje, 9.


As inscrições estão abertas até o dia 17 de dezembro. Mais de 50 mil candidatos de todo o País já se inscreveram no programa.


“O ProUNi é o maior programa de inclusão no ensino superior da história republicana brasileira. Um programa que procura, de forma inventiva e altamente benéfica para o poder público, compatibilizar a ociosidade que existe nas instituições privadas com a necessidade imperiosa de ampliarmos o número de jovens no ensino superior”, afirmou o secretário executivo adjunto do MEC, Jairo Jorge.


Candidatos – Podem concorrer às bolsas os brasileiros não-portadores de diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2004 e que atendam a pelo menos uma das condições do programa – ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada com bolsa integral; ser portador de necessidades especiais; ser professor do quadro permanente da rede pública em exercício na educação básica. O professor pode escolher somente curso de licenciatura ou pedagogia voltado para a educação básica.


O candidato deve optar pela modalidade de bolsa integral ou parcial e por até cinco cursos, turnos ou instituições de ensino dentre as disponíveis. Para concorrer a bolsas em instituições não-beneficentes, a renda máxima a ser comprovada é de até um salário mínimo e meio (R$ 390,00) por pessoa do grupo familiar, para a bolsa integral, e de até três salários mínimos (R$ 780,00), para a parcial.


Cotas – O ProUni também tem uma política de cotas destinadas aos alunos que se autodeclararem afrodescendentes ou indígenas. Para esse grupo, o MEC destinou 47.112 vagas, que serão distribuídas de acordo com a proporção dessas populações nos estados, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Documentos – O estudante fará a inscrição na página eletrônica do ProUni. Para ter acesso à ficha de inscrição, ele deve indicar o código do Enem de 2004 e o número do CPF. Só depois poderá preencher os demais campos.


O coordenador-geral de Relações Estudantis da Secretaria de Ensino Superior (SESu/MEC), Leonel Cunha, lembra aos alunos que a página do ProUni está disponível durante 24 horas. Ele pede aos candidatos que não deixem para fazer a inscrição na última hora, a fim de evitar congestionamentos no sistema que impeçam o acesso ao programa.


Inscrições – As inscrições são feitas exclusivamente pela internet. Todas as instituições de educação superior credenciadas no ProUni têm, obrigatoriamente, de oferecer acesso à internet a qualquer candidato. Além disso, o MEC constituiu uma rede de parceiros que também oferecem o acesso aos alunos de suas comunidades. São escolas das redes estadual e municipal, Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets), Centros Integrados Empresa-Escola (Ciees) e prefeituras.


Para o estudante saber qual o local de inscrição mais próximo de sua casa, basta ligar para 0800-616161. A relação das instituições que aderiram ao programa e a quantidade de vagas também são encontradas na página do ProUni na internet.


Reporter: Ionice Lorenzoni e Carlos Couto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)