Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/03/2009 07:44

Protógenes pede ao STF para não ser preso

Agência Brasil

Brasília - O delegado da Polícia Federal (PF) Protógenes Pinheiro de Queiroz entrou ontem (30) no Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido de habeas corpus preventivo para permanecer calado, e não ser preso por isso, durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Escutas Telefônicas Clandestinas. Protógenes foi convocado para depor na CPI na quarta-feira (1º).

De acordo com a defesa do delegado, o Supremo não teria tempo suficiente para decidir o mérito do pedido. Por isso pede que o STF garanta liminarmente um salvo-conduto contra ilegalidades e a obrigatoriedade de assinar um termo de compromisso como testemunha no depoimento.

Os advogados também querem que seja mantido o direito de Protógenes Queiroz permanecer calado, sem ser preso, e que tenha assistência de um advogado durante o depoimento.

Protógenes foi o responsável pela Operação Satiagraha que investigou e prendeu o banqueiro Daniel Dantas, além do ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o investidor Naji Nahas, acusados de crimes contra o sistema financeiro.

O nome de Protógenes foi associado, depois das prisões, a supostos grampos ilegais feitos inclusive no Supremo. Ele foi afastado da função de diretor de Inteligência Policial da PF e é alvo de inquérito policial em São Paulo.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)