Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/06/2008 17:03

Protesto pede mais cirurgias de redução de estômago

Douglas Côrrea, ABr

Rio de Janeiro - Mais de cem pessoas com problemas de obesidade mórbida fizeram uma caminhada pela praia de Copacabana, na manhã de hoje (15). A finalidade foi chamar a atenção das autoridades da área de saúde para a quantidade de pessoas que aguardam, por uma cirurgia de redução de estômago, na fila de espera de hospitais da rede pública.

De acordo com Marisa Mariano, uma das organizadoras do protesto, uma pessoa pode levar até 15 anos para realizar a cirurgia de estômago (bariátrica) no Sistema Único de Saúde (SUS). Ela afirmou que o caso da obesidade mórbida é tão grave "que a doença vem matando mais do que a AIDS, que atualmente está controlada, com os coquetéis de medicamentos distribuídos aos pacientes".

Marisa Mariano disse que fez a cirurgia em março de 2007 e perdeu 35 quilos, mas que ainda precisa perder mais cinco e "que sua vida mudou depois da cirurgia, podendo fazer caminhadas longas, o que antes era impossível cogitar".

Ela disse que as pessoas de baixa renda são as que mais sofrem, porque não têm condições de pagar um plano de saúde e uma cirurgia desse tipo, que fica entre R$ 6 e R$ 8 mil na rede particular. Os organizadores da caminhada pretendem se reunir outras vezes para recolher assinaturas para um manifesto, solicitando mais agilidade da cirurgia bariátrica na rede pública de saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)