Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/08/2012 15:58

Protesto de policiais rodoviários federais congestiona estradas do Paraná

Fernando César Oliveira, Agência Brasil

Curitiba – Policiais rodoviários federais deram início hoje (8) a uma operação-padrão que provocou congestionamento e lentidão em trechos rodoviários de quatro cidades do Paraná. Na próxima segunda-feira (13), a categoria fará assembleias em todo o país para avaliar a possibilidade de uma greve nacional, que seria a primeira em toda a história da Polícia Rodoviária Federal (PRF), criada em 1928.

No pico do movimento, por volta das 13h, na BR-116, a concessionária de pedágio Autopista Litoral Sul registrou 21 quilômetros de congestionamento no sentido Curitiba da BR-116 e 16 quilômetros no sentido Palhoça (SC).

Motivado pela ausência de uma proposta de reajuste salarial para a categoria, o protesto aconteceu em estradas de Curitiba, Londrina, Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu. Os servidores da PRF revistaram todos os veículos e verificaram as notas fiscais dos caminhões. A mobilização foi organizada pela Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF).

Em Curitiba, o protesto ocorreu até o início da tarde na BR-116, no trecho conhecido como Contorno Leste, na altura do km 95. As duas pistas da rodovia registraram congestionamento, o que afetou o trânsito também nas BRs 277, 376 e 476, de acordo com informações do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Paraná (SinPRF-PR).

Em Londrina, a atividade se concentrou no km 157 da BR-369. Na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, também houve congestionamento. Em Santa Terezinha do Itaipu, no km 714 da BR-277, a lentidão foi menor.

Em todo o estado, houve apreensões de pelo menos dez veículos e de cargas sem nota fiscal ou outras irregularidades. Na fronteira com o Paraguai, a operação prossegue até amanhã (9).

Os policiais rodoviários podem entrar em greve por tempo indeterminado a partir da semana entre os dias 20 e 24 de agosto, caso o governo não apresente uma proposta satisfatória à categoria, mas a paralisação pode ser antecipada para a semana que vem.

\"Esse calendário é provisório, as assembleias podem aprovar uma greve já com início no dia 14 de agosto\", observou o diretor jurídico do SinPRF-PR, Sidnei Nunes, em entrevista à Agência Brasil. \"Por enquanto, o governo não sinalizou nem com uma reposição salarial. Daqui para frente, vamos intensificar os protestos.\"

Edição: Davi Oliveira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)