Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/05/2016 14:00

Prostatite. Você sabe o que é?

Portal Med

Prostatite é a inflamação da próstata, uma glândula do aparelho reprodutor masculino, do tamanho de uma noz, localizada embaixo da bexiga e atrás do reto. A próstata produz o sêmen que alimenta e transporta os espermatozoides. A prostatite muitas vezes provoca dor ou dificuldade para urinar. Outros sintomas incluem dor na virilha, na região pélvica ou nos órgãos genitais, e, às vezes, sintomas parecidos com os de uma gripe.

A prostatite pode ter várias causas diferentes. Ela pode surgir gradual ou subitamente. Pode melhorar rapidamente, seja por conta própria ou com o tratamento. Alguns tipos de prostatite duram meses ou apresentam várias recorrências.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da prostatite variam dependendo da causa. Eles podem incluir:

Dor ou ardor ao urinar (disúria).
Dificuldade para urinar, levando a intervalos no jato urinário.
Micção frequente, especialmente à noite (noctúria).
Urgência para urinar.
Dor no abdome, virilha ou parte inferior das costas.
Dor na área entre o escroto e o reto (períneo).
Dor ou desconforto no pênis ou nos testículos.
Orgasmos dolorosos (ejaculações).
Sintomas de gripe (quando é uma prostatite bacteriana).
Quais os tipos de prostatite?

Baseado em seus sintomas e nos exames laboratoriais solicitados, o médico poderá concluir que você tem um dos seguintes tipos de prostatite:

Prostatite bacteriana aguda. Este tipo de prostatite pode causar sintomas gripais, febre, calafrios, náuseas e vômitos.

Prostatite bacteriana crônica. Esta prostatite bacteriana dura pelo menos três meses devido a infecções recorrentes ou de difícil tratamento. Infecções do trato urinário são comuns junto a este tipo de prostatite. Entre uma recorrência e outra, a prostatite crônica pode não mostrar sintomas ou ter sintomas mínimos que se tornam mais graves quando a infecção reaparece.

Prostatite crônica não causada por bactérias. Esta condição é muitas vezes referida como a prostatite não-bacteriana crônica ou síndrome da dor pélvica crônica. Tem a duração de pelo menos três meses. A maioria dos casos de prostatite está nesta categoria. Para alguns homens, os sintomas permanecem sem alterações ao longo do tempo. Para outros, eles aparecem em ciclos. Por vezes, podem melhorar até mesmo sem tratamento.

Prostatite assintomática. Também conhecida como prostatite inflamatória assintomática, ela não causa sintomas e constitui-se em um achado de exames complementares realizados para outras condições. Este tipo não requer tratamento.

Quais são as causas da prostatite?

A prostatite bacteriana pode ser causada por cepas de Escherichia coli, uma bactéria que também é o agente etiológico de várias infecções urinárias. Outros germes menos comuns são: Proteus, Klebsiellla, Enterobacter, Pseudomonas ou Serratia.

A infecção pode começar quando há ascensão de uma infecção localizada mais abaixo na uretra ou por refluxo de urina infectada para os ductos prostáticos. Também ocorre por bactérias que habitam o reto e chegam à próstata diretamente ou através dos gânglios linfáticos ou por bactérias existentes no sangue que chegam à próstata através de vasos que irrigam esta glândula.

Na maioria dos casos de prostatite, a causa não é identificada. Outras causas que não a infecção bacteriana podem incluir:

Desordens do sistema imunológico.
Distúrbios do sistema nervoso.
Ferimentos na próstata ou na região da próstata.
Quais são os fatores de risco?

Fatores de risco para a prostatite incluem:

Ser jovem ou de meia-idade.
Episódios prévios de prostatite.
Ter uma infecção na bexiga ou na uretra.
Trauma na região pélvica.
Desidratação.
Uso de catéter urinário (tubo inserido na uretra para drenar a bexiga).
Relação sexual desprotegida.
Ser portador do vírus HIV ou ter AIDS.
Estar sob estresse psicológico.
Hereditariedade. Algumas características hereditárias podem facilitar o aparecimento da prostatite.
Quando consultar um médico?

Quando um homem sente dor pélvica, dificuldade ou dor para urinar ou tem orgasmos dolorosos (ejaculações), ele deve consultar um médico (urologista). Quando não tratados, alguns tipos de prostatite podem causar o agravamento da infecção ou outros problemas de saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)