Cassilândia, Sábado, 19 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

03/09/2003 08:51

Proposta quer limitar despesas das câmaras municipais

Agência Câmara

A Câmara instalou ontem a Comissão Especial que vai analisar a proposta de emenda à Constituição (PEC 574/02) que limita o total de despesas dos legislativos municipais. O texto prevê que os gastos das câmaras - inclusive com os salários dos vereadores - deverão ser limitados a percentuais da receita corrente líquida do município, de acordo com o número de habitantes da cidade.
De acordo com a PEC, esses percentuais serão de 8% nos municípios com até 100 mil habitantes; 7% em municípios com população entre 100 mil e um e 300 mil habitantes; 6% em cidades com população entre 300 mil e um e 500 mil habitantes; e de 5% em municípios com população acima de 500 mil habitantes.
Se o prefeito repassar menos recursos do que o estipulado ou não os repassar até o dia 20 de cada mês, poderá ser processado por crime de responsabilidade fiscal.

COMO É HOJE
Atualmente, o salário dos vereadores - e não a receita total das câmaras - está vinculado a limites proporcionais ao tamanho dos municípios. Os salários também estão vinculados ao valor recebido pelos deputados estaduais. Nos municípios de até dez mil habitantes, por exemplo, o subsídio máximo dos vereadores é de 20% daquele recebido pelos deputados estaduais. A porcentagem vai se elevando de acordo com o tamanho do município, atingindo 75% nas cidades com mais de 500 mil habitantes. A Constituição determina que as Câmaras municipais podem gastar com pessoal até 70% da receita.
A nova comissão será presidida pelo deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP).
O deputado José Carlos Araújo (PFL-BA) foi eleito primeiro vice-presidente da comissão, e Eduardo Seabra (PTB-AP), o segundo vice. A comissão especial tem dez sessões para apresentar seu parecer.

Reportagem – Liz Elaine Lôbo
Edição – Patricia Roedel



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
06:40
Libertadores da América
Quinta, 17 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)