Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/05/2004 09:28

Proposta proíbe propaganda com cenas de nudez

Agência Câmara

A Comissão de Seguridade Social e Família está analisando projeto de Lei (PL 3408/04) do deputado João Campos (PSDB-GO) que proíbe a exibição de propaganda com cenas de nudez e apelo ao erotismo em rádio e televisão.
Pelo texto, as emissoras deverão atender aos seguintes princípios:
- não utilizar de cenas de nudez, da simulação do ato sexual ou situações de apelo erótico claro ou velado;
- não explorar recursos de propaganda subliminar ou outros recursos não perceptíveis ao espectador;
- não veicular publicidade de acessórios eróticos, serviços de tele-sexo, de acompanhantes ou de prostituição.
A empresa de rádio ou televisão que descumprir a lei será multada em até R$ 10 mil por inserção veiculada, acrescidos de um terço na reincidência.
Para João Campos, o apelo ao erotismo é um recurso fácil e eficaz para chamar a atenção do consumidor. “No entanto, além de conflitar com os princípios constitucionais previstos para a comunicação social, em especial o respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família, esse tipo de propaganda distorce a finalidade informativa para focar a indução ao consumo”, afirma.

A proposta foi apensada ao Projeto de Lei 5269/01, do Senado Federal, sobre a veiculação de programação educativa para crianças na televisão. A matéria, que tramita em caráter conclusivo, também será analisada pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)