Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

31/12/2003 09:06

Proposta acaba com financiamento para criminoso

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Redação está analisando o Projeto de Lei 220/03, de autoria do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), que proíbe quem praticar crime contra direitos humanos de obter financiamentos com recursos públicos pelo período de cinco anos.
Os direitos fundamentais da pessoa humana estão descritos no artigo 5° da Constituição Federal e têm o objetivo de garantir aos cidadãos respeito ao direito à vida, à liberdade, à igualdade e à dignidade. Entre eles, estão citados a igualdade entre homens e mulheres; a proibição da tortura; a livre expressão da atividade intelectual; o direito à locomoção; a inviolabilidade da vida privada, da honra e da imagem das pessoas; o sigilo da correspondência; o direito de resposta.
O autor explica que, se aprovada, a proposta obrigará a inserção de cláusula protetora dos direitos humanos nos contratos de financiamento concedidos por instituições financeiras oficiais. Se o contrato já tiver sido firmado quando for constatado o crime, ele será automaticamente suspenso e a dívida terá de ser paga antecipadamente.

Na Comissão de Constituição e Justiça, o projeto está sendo relatado pela deputada Sandra Rosado. Caso seja aprovado, irá diretamente para o Senado, sem necessidade de passar pelo Plenário.



Reportagem – Patricia Roedel

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)