Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/09/2014 16:15

Promotora recomenda que prefeitura faça concurso público para professores

Campo Grande News

A Promotora de Justiça Bianka Mendes, da 5ª Promotoria de Justiça da Defesa do Patrimônio Público do Município de Ponta Porã - distante 323 km de Campo Grande, recomendou que o prefeito Ludimar Godoy realize um concurso público para a contratação de professores ainda este ano.

Segundo informações do MPE/MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul), para fazer a recomendação, a promotora levou em conta que o último concurso realizado pelo município para o cargo de professor foi em 2009. Devido a isso, ela considera a situação atual irregular, pois estão sendo feitas contratações excepcionais temporárias.

A recomendação inclui que o concurso público seja lançado no prazo de 60 dias e após o termino do certame, os professores contratados sem concurso sejam exonerados, conforme rege o art. 27°, inciso III, da Constituição Estadual do Mato Grosso do Sul. Ao fim de cada data pré-estabelecida, a promotora pede uma cópia, via ofício, para comprovar a realização do concurso.

Ainda de acordo com o MPE/MS, o município de Ponta Porã não tem nenhum concurso em andamento para o cargo de professor, conforme resposta ao ofício nº 0154/2014. Segundo a Promotora, constitui ato de improbidade administrativa a contratação irregular de servidores públicos, nos termos dos arts. 10, caput, e 11 da Lei nº 8429/92.

O regime de contratação temporária deve atender a três pressupostos constitucionais: a determinabilidade temporal da contratação, a temporariedade da função a ser exercida e, por fim, a previsão legal dos casos de excepcional interesse público que ensejam a contratação de novos servidores temporários, nos termos do artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal.

Segundo a Promotora de Justiça , o concurso público é o meio técnico posto à disposição da administração pública para obter moralidade, eficiência e aperfeiçoamento do serviço público e, ao mesmo tempo, propiciar igual oportunidade a todos os interessados que atendam aos requisitos da lei.

A reportagem entrou em contato com o prefeito Ludimar Godoy, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)