Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/07/2007 17:20

Promotor se diz "surpreso" com retorno de vereadores

Humberto Marques - Campo Grande News

O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Cassilândia, o promotor Ronaldo Vieira Francisco, disse estar “surpreso” com a decisão do desembargador Luis Carlos Santini, que nesta sexta-feira (13 de julho) acatou pedido para que os seis vereadores afastados da Câmara cassilandense reassumissem os mandatos. Os parlamentares foram afastados a pedido do Ministério Público Estadual, durante as investigações da “Operação Pilatos”.

O MPE solicitou à Justiça o afastamento do presidente da Câmara e prefeito interino da cidade, Baltazar Soares da Silva (PSDB), e dos vereadores Romão Maiorchini (PMDB), Ozélio Silva (PSDB), Silvioney Verón da Silva (PT), Paulo Fernandes Dalastra (PSDB) e Celino Araújo (PDT). Eles foram acusados pelo ex-secretário de Finanças de Cassilândia, Waldimiro Cotrim, de receberem R$ 1 mil mensais do tesouro municipal. O dinheiro seria desviado do tesouro municipal por meio de vales e notas frias, conforme foi identificado na “Operação Judas” – movida pelo MPE e polícias Civil e Militar. A denúncia contra os vereadores levou os promotores a abrirem nova investigação, intitulada “Operação Pilatos”.

Francisco disse estar surpreso não exatamente com o retorno dos vereadores, mas com uma parte da decisão do desembargador Santini, que impede Baltazar da Silva de reassumir a presidência da Câmara. “É surpreendente porque é uma decisão que, aparentemente, exclui o poder de decisão do próprio Legislativo”, considerou o promotor. Os seis vereadores foram afastados por 30 dias, tempo em que se espera concluir os trabalhos da “Pilatos”.

De acordo com o promotor, as investigações da operação ainda devem se estender por cerca de duas semanas. Com o retorno dos vereadores, Francisco afirmou que o caso será novamente analisado pelo MPE, não estando descartado um novo pedido de afastamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)