Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/08/2005 06:24

Promotor poderá tirar herança de assassino

Agência Câmara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5747/05, do deputado João Batista (PFL-SP), que altera o Código Civil (Lei 10406/02) para dar poderes ao Ministério Público de impedir que autores ou participantes de homicídio herdem os bens da vítima. A proposta refere-se a casos de assassinato cometido contra cônjuge, companheiro, ascendente (pais ou avós) ou descendente (filhos e netos).
Pela atual legislação, apenas outros familiares interessados podem pedir, em até quatro anos, a exclusão dos herdeiros que "tenham acusado caluniosamente em juízo o autor da herança ou que incorrerem em crime contra a sua honra, ou de seu cônjuge ou companheiro". O pedido também pode ser feito se o herdeiro tiver impedido, "por violência ou meios fraudulentos, o autor da herança de dispor livremente de seus bens por ato de última vontade".

Duplo assassinato
Em defesa da prerrogativa do Ministério Público, João Batista lembra o duplo assassinato de Marísia e Manfred von Richthofen, em outubro de 2002, planejado pela própria filha do casal, Suzane. Segundo o deputado, o tutor do outro filho do casal, Andreas, pediu a exclusão de Suzane da herança, invocando a sua indignidade. "Se não houvesse outros interessados na sucessão e ao Ministério Público não fosse reconhecida legitimidade de ação nesse caso de indignidade, com quem mais ficaria toda a herança do casal assassinado, senão com Suzane?", indaga o parlamentar.

Tramitação
O projeto será analisado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. O relator designado é o deputado Maurício Rands (PT-PE).



Reportagem - Cristiane Bernardes
Edição - Rejane Oliveira


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)