Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/10/2004 14:23

Projeto sobre brincadeira e aprendizagem é premiado

Comunicação/MEC

Estimular a aprendizagem por meio da brincadeira. Com esse objetivo a professora Taicy de Ávila Figueiredo, do Distrito Federal, criou o projeto BrincArte e foi uma das 27 ganhadoras do Prêmio Qualidade da Educação Infantil 2004. O trabalho, desenvolvido de março a dezembro de 2003, atendeu a uma turma de 15 alunos da Escola Classe Sonhém de Cima. A região onde a experiência aconteceu, na cidade-satélite de Sobradinho, é bastante isolada e faz parte do projeto de assentamento Contagem, uma comunidade de antigos sem-terra beneficiados pelo Programa de Reforma Agrária.


Devido à carência e dificuldade de acesso ao local e com o intuito de incentivar o ingresso prematuro das crianças na escola, formou-se uma turma com idades variando entre quatro e seis anos, sendo uma delas portadora de necessidades educacionais especiais. “Como não há outra escola de educação infantil na região, me coloquei à disposição para atender o maior número possível de alunos”, conta Taicy. A escola possui apenas quatro turmas que vão até a 4ª série, sendo uma multisseriada.


Segundo ela, uma forma de proporcionar educação de qualidade é priorizar a construção de conhecimentos sobre a sociedade e a cultura brasileira por meio de brincadeiras lúdicas variadas. “A criança aprende brincando. O brincar estimula a aprendizagem, o desenvolvimento da autonomia, identidade e respeito ao próximo”, diz Taicy.


Cultura – As datas comemorativas transformaram-se em rica fonte de informação e formação sobre a cultura brasileira. O Dia do Índio, por exemplo, deixou de ser simplesmente um dia em que as crianças se vestem de índio e não sabem o seu significado. “Levei artesanato e livros sobre as lendas indígenas para conhecerem realmente o significado da data e do que os índios representam”, explica ela.


A confecção de brinquedos com sucata também foi um recurso utilizado pela professora e a construção do fantoche mamulengo proporcionou aos alunos a oportunidade de apresentar uma pequena peça para a comunidade, que tem pouco acesso a bens de lazer e cultura. Além disso, semanalmente a professora levava para a sala de aula músicas do folclore infantil e da MPB, que davam ensejo a dramatizações, jogos simbólicos, brincadeiras de roda, que estimulavam a alfabetização.


Premiação – O Prêmio Qualidade da Educação Infantil é promovido pelo Ministério da Educação, em parceria com a Fundação Orsa e a União Municipal de Dirigentes Municipais de Educação (Undime). Os professores autores de projetos selecionados estarão em Brasília, no dia 20 de outubro, para participar de seminário de intercâmbio e demonstração dos trabalhos escolhidos. No dia 21, às 10h, receberão os prêmios no auditório do edifício-sede do MEC, com a presença do ministro da Educação, Tarso Genro, e do secretário de Educação Básica do MEC, Francisco das Chagas Fernandes.


Cada professor receberá R$ 3 mil em dinheiro, um certificado de premiação do projeto e um baú pedagógico com livros e materiais de apoio pedagógico para sua escola. Terão também seus trabalhos divulgados em publicação especial da Coordenação-Geral de Educação Infantil do MEC sobre a quinta edição do prêmio. Os secretários de Educação dos estados receberão estatuetas comemorativas alusivas ao prêmio.


Repórter: Heloísa Cristaldo e Irla Maia

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)