Cassilândia, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

25/09/2017 08:40

Projeto sobre avaliação física nas academias será reapresentado na Assembleia

Campo Grande News

O deputado Amarildo Cruz (PT) quer reapresentar o projeto que exige das academias, uma avaliação física dos alunos, antes de começarem a fazer os exercícios, no entanto desta vez, a proposta exige apenas uma verificação do profissional de educação física e não de um laudo médico, realizado em prazo máximo de 30 dias.

O autor alega que após realização de audiência pública, na semana passada, foi convencido que no primeiro momento, o próprio professor de educação física pode fazer esta avaliação, já que estudou e tem preparo. Se este verificar que o aluno precisa de uma análise mais detalhada, fará o devido encaminhamento ao médico, para exames e parecer.

"Verificamos que aumentou o número de academias e temos que garantir segurança aos que buscam uma prática esportiva, valorizando os educadores físicos e também protegendo os empreendedores, para que não haja nenhuma ocorrência fatal em seus estabelecimentos", disse o petista.

O seu projeto que exigia laudo médico, chegou a ser aprovado na Assembleia, porém foi vetado pelo governo, que alegou que além de violar a ordem de livre iniciativa econômica, criando um custo a mais para empresa, a matéria também era de competência do legislativo municipal.

Com esta mudança, o deputado espera ter um resultado diferente. "Creio que desta forma, teremos o apoio do governo, até porque o próprio diretor da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Miranda, sugeriu esta ideia".

Miranda disse que é necessário avaliar os possíveis riscos à saúde de quem começa uma atividade regular. "O atestado médico para todos seria inviável, mas é preciso uma estratificação de risco, um protocolo mínimo para que o profissional siga e garanta mais segurança às pessoas".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)