Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

02/12/2008 08:47

Projeto que altera o FIC é vetado pelo governador

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O governador André Puccinelli (PMDB) vetou projeto de lei aprovado pela Assembléia Legislativa que alterava as regras do o FIC (Fundo de Investimentos Culturais). A proposta era suprimir o dispositivo que estende a proibição da concessão dos benefícios aos ascendentes e descendentes em primeiro grau, bem como aos cônjuges ou companheiro, quer na qualidade de pessoa física, que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios, no que se refere a projeto que envolva ou beneficie diretamente a pessoa impedida.

A proposta foi considerada “inconveniente e inoportuna”. Segundo a argumentação do veto, esbarra na Constituição Federal, que veda o nepotismo e proíbe a contratação temporária, a terceirização ou contratação direta de serviços de pessoas físicas com afinidade com servidor público.

A mudança possibilitaria familiares de pessoas impedidas, como por exemplo, de servidores públicos estaduais, de serem beneficiados por recursos do Fundo, “o que por sua vez abre azo à má interpretação podendo até manchar a imagem da administração pública estadual”, conclui o chefe do Executivo.

Também recebeu veto total o projeto de Lei que cria o Programa Oficina Qualificada à Geração de Renda de Portadores de Necessidades Especiais. O projeto tinha como foco a geração de renda às pessoas com necessidades especiais, por meio da reciclagem e criação de objetos, a partir de materiais inutilizados ou inservíveis existentes no pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e de Secretarias de Estado.

Segundo o governador, André Puccinelli, o projeto esbarra na Constituição Federal, porque, além de criar atribuições a órgãos da administração direta, ainda prevê o pagamento de uma gratifi cação pelo Estado às pessoas com necessidades especiais, sem prévia previsão orçamentária e autorização legal, pelos produtos oriundos da reciclagem de materiais inutilizados por órgãos e entidades do governo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)