Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/04/2018 13:30

Projeto proíbe prioridade em consultas a pacientes que pagam à vista

Intenção é que não haja prioridade para quem paga à vista, em relação aos que têm plano de saúde

Campo Grande News

O projeto do deputado Felipe Orro (PSDB) proíbe a diferenciação de pacientes no atendimento particular, para que não haja prioridade na marcação de consultas e exames, em relação aqueles que possuem plano de saúde ou que preferem o pagamento à vista dos procedimentos médicos.

O autor alega que não pode existir uma “prática discriminatória ou atendimento privilegiado” pelo prestador do serviço ou profissional de saúde. Entram nesta lista ainda os prestadores de serviços contratados, credenciados ou cooperados de operadoras na marcação de consultadas, exames e quaisquer outros procedimentos.

A proposta ainda explica que sempre os casos de emergência, urgência e normas de atendimento preferencial, de acordo com o estado clínico, devem ser respeitadas e seguidas pelas unidades de saúde particulares. Também serão proibidas a utilização de agendas diferenciadas para os prazos de marcação dos procedimentos. Quem descumprir as medidas poderá sofrer sanção previstas no Código de Defesa do Consumidor.

“Muitas pessoas que possuem plano de saúde particular já se depararam com essa prática considerada abusiva e discriminatória pelos princípios estabelecidos pela legislação consumerista. É comum que clientes de planos de saúde sejam preteridos na hora de marcar consultas”, disse o deputado.

O projeto segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado pelos deputados em plenário. Se for aprovado, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode sancionar ou vetar a matéria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)