Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/04/2007 01:09

Projeto proíbe corte de luz e telefone antes de 30 dias

Câmara dos Deputados

A Câmara analisa o Projeto de Lei 56/07, do deputado Neilton Mulim (PP-RJ), que estabelece critérios para o corte e a religação dos serviços de "primeira necessidade" - água, esgoto, energia e telefone. Pela proposta, as prestadoras dos serviços devem emitir notificação 15 dias após o vencimento informando o usuário que não consta registro de pagamento.

Depois de 30 dias, poderão ser realizados cortes nos serviços desde que as seguintes regras sejam respeitadas:

- se telefone, o bloqueio para fazer ligações;

- se energia, o bloqueio parcial, feito com aparelho com relê que permita o fornecimento mínimo para o funcionamento de uma geladeira durante o dia e de uma lâmpada após as 18 horas;

- se água e esgoto, o bloqueio parcial, feito com aparelho que permita o fornecimento mínimo de água para o consumo de uma família.

Mais de 60 dias
Caso o atraso do pagamento ultrapasse os 60 dias, sem haver pedido de parcelamento do débito, a fornecedora fica autorizada a cortar o serviço. No entanto, se houver pessoa idosa na residência e se a família tiver renda inferior a três salários mínimos, as restrições deverão seguir as regras listadas anteriormente.

O projeto determina ainda que, ocorrendo o pagamento, a prestadora deverá fazer a religação do serviço em até seis horas depois da comunicação do código de pagamento.

A proposta estabelece multa de R$ 500 a R$ 2 mil para a empresa que não emitir a notificação de inadimplência; e de R$ 2 mil a R$ 5 mil para aquelas que cortarem ou limitarem a oferta dos serviços sem observar os requisitos previstos. "Diante de todo o quadro de desemprego e da defasagem dos salários, temos assistido a situações constrangedoras de famílias carentes ficarem sem os serviços essenciais mínimos", justificou Neilton Mulim.

Tramitação
O projeto tramita apensado aos PLs 65/07, da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) e 246/07, do deputado Eliene Lima (PP-MT). Eles serão analisados pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Como têm caráter conclusivo, poderão ser aprovado sem votação em Plenário.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)