Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

18/10/2004 13:53

Projeto pode ampliar cobertura de transplante

Agência Câmara

Os planos e seguros privados de assistência à saúde não poderão excluir de sua cobertura os transplantes rotineiramente fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como o de medula óssea, caso seja aprovado o Projeto de Lei (4164/04).
De autoria dos deputados Rafael Guerra (PSDB-MG), Francisco Gonçalves (PTB-MG) e Geraldo Resende (PPS-MS), a proposição altera a legislação dos planos de saúde (Lei 9656/98) para ampliar a cobertura dos planos de saúde para os transplantes.
Hoje, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) garante a cobertura apenas para transplantes de rim e de córnea, além de despesas com seus procedimentos vinculados. Pela legislação atual, a amplitude da cobertura de transplantes e de procedimentos de alta complexidade será definida por normas editadas pela ANS.
O autor explica que o projeto também permitirá o ressarcimento pelas operadoras ao SUS.

Tráfico de órgãos
Em abril deste ano a Câmara dos Deputados instalou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Órgãos. O relatório final da CPI, com sugestões para o sistema de transplantes e com denúncias dos envolvidos, deve ficar pronto neste mês, mas os deputados ainda poderão pedir uma terceira prorrogação para adiar a conclusão dos trabalhos para novembro.
Segundo o Ministério da Saúde, mais de 54 mil brasileiros estão na fila aguardando transplante de órgãos, principalmente de rins e de córnea. Em 2002, foram realizados no Brasil cerca de 8 mil transplantes.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, foi apensado ao Projeto de Lei 2642/03, do Senado Federal.
As proposições serão relatadas pelo deputado Amauri Gasques (PL-SP) na Comissão de Seguridade Social e Família.



Da Redação/RCA


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)