Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/02/2004 08:46

Projeto obriga calibração de equipamentos médicos

Agência Câmara

O deputado Carlos Mota (PL-MG) apresentou à Câmara projeto de lei (PL 1745/03) que torna obrigatória a calibração periódica de instrumentos e equipamentos utilizados na emissão de laudos médicos e odontológicos. O objetivo do parlamentar é intensificar a fiscalização sobre tais instrumentos.
De acordo com o texto apresentado, deverão constar, nos laudos e relatórios, a data da validade da calibração do instrumento e a marca, modelo e número do equipamento. Os laboratórios que emitirem laudos sem tais especificações poderão ser multados. A calibração dos intrumentos caberá ao Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

RESULTADOS ERRADOS
Na avaliação de Carlos Mota, a medida poderá salvar muitas vidas. Ele cita, como exemplo, a ocorrência de problemas em estignomanômetros (medidores de pressão) que levam a resultados errados. "Se um paciente com problemas de hipertensão for submetido a um aparelho com defeito estará correndo risco de vida", alerta o parlamentar.
O projeto tramita na Comissão de Seguridade Social e Família, onde será relatado pelo deputado Roberto Gouveia (PT-SP). A proposição também será analisada pelas comissões de Economia, Indústria e Comércio; e de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR).

OUTRO PROJETO
Também será votado pela CCJR o PL 3110/00, do deputado Milton Monti (PMDB-SP), que obriga a exposição de informações comprobatórias da calibração de instrumentos ou equipamentos de medição que afetem produtos ou serviços oferecidos à população. O relator na comissão, deputado José Divino (PMDB-RJ), apresentou parecer pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa da proposta.
O PL 3110/00, que já foi aprovado pela Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Minorias, deve entrar na pauta da CCJR a partir da próxima sessão legislativa, que começa em 16 de fevereiro.



Reportagem - Mauren Rojahn
Edição - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)