Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/04/2004 15:02

Projeto integra língua portuguesa e educação especial

Assessoria MEC

O ensino de português como segundo idioma para surdos que se comunicam por gestos, tendo como enfoque a educação científica, é o objetivo do projeto de pesquisa de pós-graduação Ensino de Língua Portuguesa para Falantes da Língua Brasileira de Sinais, do Departamento de Lingüística, Línguas Clássicas e Vernáculas da Universidade de Brasília. O projeto tem o aval do Programa de Apoio à Educação Especial (Proesp) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação.

Implementado em dezembro do ano passado pela Capes e coordenado pela professora Heloísa Moreira Lima Salles, o projeto tem por meta formar quatro mestres e dois doutores em lingüística e produzir um dicionário bilíngüe (Língua Brasileira de Sinais e português), com termos científicos das áreas de química e de biologia usados na educação básica. Pretende, também, definir níveis de competência no aprendizado de português pelos surdos. “A intenção é identificar como as pessoas surdas progridem no aprendizado da língua portuguesa”, enfatiza a coordenadora.

Outra meta do projeto é orientar o ensino de língua portuguesa como segunda língua para surdos, trabalhando temas transversais de interesse da sociedade, como educação ambiental, que envolve disciplinas como biologia, química e física. Integram a equipe técnica do projeto três professores da área de lingüística e dois das áreas de biologia e química da UnB. Todas as dez universidades brasileiras que receberam recursos do Proesp estão sendo visitadas por técnicos da Capes, que acompanham o desenvolvimento dos projetos. A ida à UnB está prevista para o próximo dia 12.

As inscrições para os cursos de mestrado e doutorado em Lingüística serão abertas no segundo semestre deste ano. Os editais estarão disponíveis no sítio eletrônico da UnB.

Repórter: Vilany Kehrle

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)