Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/01/2008 14:31

Projeto inédito quer recuperar áreas degradadas de MS

Nadyenka Castro - Campo Grande News

Um projeto inédito do Ministério do Meio Ambiente pretende recuperar áreas degradadas pela agricultura e pecuária em Mato Grosso do Sul. O Estado será o primeiro a ter um Pólo de Adequação Ambiental de Propriedades Rurais.

O projeto começou a ser instalado nesta quinta-feira (17 de janeiro) e será desenvolvido em parceria com a UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul). Técnicos da instituição irão trabalhar em conjunto com o Ministério.

Serão firmados pactos com os produtores visando a recuperação que for necessária e a adoção de práticas agropecuárias sustentáveis. Além da UFMS, o Ministério do Meio Ambiente pretende firmar parcerias com as agroindústrias para que elas exijam certificação de que a matéria prima que utiliza tenha sido produzida de forma ambientalmente sustentável.

Nossa intenção é construir um processo que leve à adesão dos produtores sem a necessidade de sermos coercitivos. E a participação das agroindústrias será muito importante nessa construção porque são elas que já sofrem a pressão do consumidor, que cada vez mais quer saber em que condições foi produzido aquilo que ele está comprando", disse o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério, Egon Krackhecke.

Além da área a ser definida em Mato Grosso do Sul, o Ministério vai instalar um projeto piloto em São Paulo, na região de Indiatuba, um importante pólo de produção hortifrutigranjeira do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)