Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/11/2004 13:12

Projeto forma 30 mil soldados do Exército em cursos

Cristiane Ribeiro / ABr

Quase 30 mil soldados do Exército vão se formar este ano em todo o país em mais de 110 cursos profissionalizantes nas áreas de comércio, indústria, transportes e rural. Oferecidos pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem industrial), Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem de Transportes) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), os cursos fazem parte do Projeto Soldado Cidadão, uma parceria do Exército com o Sistema S firmada em 2002 e cujo objetivo é dar ao jovem uma qualificação profissional para que ele possa se inserir no mercado de trabalho após prestar o serviço militar.

Só no Rio de Janeiro são 3.671 soldados matriculados em 32 cursos. Nesta sexta-feira, 100 deles se formaram na primeira turma dos cursos de mecânico de diesel, motorista de transporte de carga perigosa e logística e almoxarifado. Os diplomas foram entregues em solenidade na sede do Senat, no subúrbio de Deodoro.

Para o coordenador do projeto na Vila Militar, major Dornelles, "a intenção é oferecer aos soldados um melhor retorno à vida civil, na medida em que, ao concluir um dos cursos, o jovem recebe um diploma, que é o comprovante de que ele está apto a ingressar no mercado de trabalho". Ele enfatizou que "o Exército sempre esteve preocupado com o destino do soldado depois que ele deixa de servir nos quartéis, para evitar, inclusive, que em não conseguindo um emprego digno ele se envolva na criminalidade".

Os alunos matriculados nos cursos têm, ainda, aulas sobre empreendedorismo, ministradas por técnicos do Sebrae, e de Cidadania, Direitos e Deveres, com juizes do Superior Tribunal de Justiça.

O Projeto Soldado Cidadão é desenvolvido com recursos do governo federal repassados ao ministério da Defesa e distribuído entre as três Forças Armadas. O orçamento total para 2004 é de R$ 13,4 milhões, dos quais R$ 11,7 milhões ficaram com o Exército. Nos dois primeiros anos do projeto foram qualificados cerca de cinco mil soldados em todo o país. Uma portaria assinada em outubro pelo então ministro da Defesa, José Viegas, dá ao projeto em 2005 o status de Programa de Assistência e Cooperação das Forças Armadas à Sociedade Civil/Projeto Soldado Cidadão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)