Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/04/2015 14:20

Projeto de redução de ICMS da energia é arquivado na Assembleia

Campo Grande News

O projeto que previa a redução de ICMS da energia elétrica, para os consumidores acima de 200 Kwh ( quilowatt-hora), de 20% para 17%, teve cinco votos contrários na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), e por esta razão foi arquivado na Assembleia Legislativa. O autor da proposta, o deputado Marquinhos Trad (PMDB), lamentou o resultado, questionando os argumentos usados pelos colegas.

“Esta situação lembra muito o projeto do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), que previa desconto de 15% e parcelamento em dez vezes, a antiga gestão não aceitava porque iria diminuir arrecadação, mas aconteceu o contrário e dobrou a arrecadação”, disse ele.

Esta foi justamente a justificativa do deputado José Carlos Barbosa (PSB), que salientou que o projeto não tinha um estudo de previsão orçamentária e vai contra as regras da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que prevê um planejamento sobre questões que vão incidir na arrecadação. “Este foi o meu posicionamento que foi seguido pelos demais colegas”, disse ele.

O relator do projeto, Maurício Picarelli (PMDB), havia dado parecer favorável, mas voltou atrás da decisão, após o posicionamento do deputado do PSB. Lídio Lopes (PEN), Flávio Kayat (PSDB) e Amarildo Cruz (PT) seguiram a mesma posição.

Projeto – A proposta explicava que de 51 a 200 ( Kwh) é cobrado a alíquota de 17%, depois de 200 a 500 ( Kwh) 20% e acima de 501 ( Kwh) 25%. O autor do projeto tinha como intenção estabelecer a tributação de 17% para os consumidores acima de 200 ( Kwh), citando como exemplo o Estado de São Paulo, que cobra tributação semelhante.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)