Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/12/2004 06:06

Projeto de Luizinho cria polêmica

Marcos Augusto

O Projeto de Lei apresentado pelo deputado Luizinho (PL) há duas semanas na Assembléia Legislativa sobre a obrigatoriedade de disponibilizar aparelhos desbriladores cardíacos em locais públicos está gerando polêmica também entre os deputados estaduais.
O projeto foi distribuído pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação e está esperando o relatório que será elaborado pelo deputado Loester que é médico.
O projeto de Luizinho determina que estádios, ginásios esportivos, trens de passageiro, ambulâncias, veículos de resgate e de bombeiros, estações rodoviárias, ferroviárias, aeroportos e centros comerciais e quaisquer outros locais, e eventos de qualquer natureza, com previsão de concentração ou circulação igual ou superior a mil e quinhentas pessoas, devem manter em local de fácil acesso, um aparelho desfibrilador para uso emergencial.
A polêmica é que o projeto prevê que pessoas leigas poderão, depois de um curso específico, manusear e usar o aparelho em casos de emergências. E esse detalhe tem gerado resistência entre os médicos.
A Federação Interamericana do Coração divulgou pesquisa informando que 85% das mortes súbitas no País acontecem por arritmia cardíaca e, poderiam ser evitadas com o uso de um desfibrilador. Diariamente, cerca de 712 brasileiros são vítimas de problemas cardíaco. O uso do aparelho é mais eficaz nos primeiros quatro minutos, quando a pessoa tem 70% de chances de sobreviver. Se o equipamento for utilizado em até um minuto, as chances sobem para 90%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)