Cassilândia, Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

18/08/2003 14:33

Projeções de inflação e crescimento caem, diz pesquisa

Agência Brasil

A expectativa do mercado financeiro em relação à inflação melhorou mais um pouco, em relação à semana passada. A estimativa, agora, é de o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que baliza as metas inflacionárias do governo, fechar o ano em 9,74%. Abaixo, portanto, dos 9,93% apontados pelo boletim Focus, do Banco Central, editado na semana anterior, e que registra expectativa de redução do IPCA de 2003 há 11 semanas. Para 2004, a expectativa permanece em 6,5%.
Em contrapartida, as estimativas de consultores financeiros de todo o país não são nada otimistas quanto ao Produto Interno Bruto (PIB), embora o mercado aguarde redução de mais 1,5 ponto percentual na taxa básica de juros, a ser definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central na próxima quarta-feira, de modo que a taxa Selic encerre o ano em 19,8%.
A perspectiva sobre a soma das riquezas produzidas no país caiu esta semana para 1,46%, ante os registros anteriores, que eram de 1,50% há oito dias e de 1,59% há um mês. Como resultado, a dívida líquida do setor público também deve crescer um pouco em relação ao PIB. Pelos cálculos do Banco Central, a equivalência dívida/PIB deve aumentar de 54,95% para 55%. O Banco Central mantém, no entanto, a expectativa de crescimento do PIB em 3% para o ano que vem.
Enquanto os índices de inflação apontam no rumo do controle de preços, a taxa de câmbio vai no sentido contrário e indica leve crescimento sobre a possibilidade de dólar norte-americano fechar o ano com cotação de R$ 3,17 ante a expectativa de R$ 3,15 da semana passada. A perspectiva de investimentos estrangeiros diretos também está na contramão. O boletim Focus prevê a entrada de US$ 8,3 bilhões, contra US$ 8,5 bilhões na semana anterior.
As previsões são boas, porém, quanto ao comportamento da Balança Comercial, com perspectiva de encerrar 2003 com superávit de US$ 18 bilhões (US$ 300 milhões a mais que na semana passada); e o mercado também confia na redução do déficit de conta corrente, que era estimado em US$ 2,7 bilhões há oito dias, e agora caiu para US$ 2,3 bilhões.(Stenio Ribeiro)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 30 de Setembro de 2020
Terça, 29 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Segunda, 28 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)