Cassilândia, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

13/04/2005 14:51

Proibição de consumação mínima em bares é aprovado

ANL

Os deputados estaduais aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei 020/05, da deputada estadual Celina Jallad (PMDB), que proíbe a cobrança de consumação mínima nos bares, boates e congêneres de Mato Grosso do Sul. A proposta teve parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), que foi elogiada pela parlamentar pela agilidade na análise do projeto. Agora, a proposta segue para segunda votação e depois para sanção do governador Zeca do PT.

De acordo com a deputada, projeto semelhante foi aprovada pela Assembléia de São Paulo. Ela avalia que o projeto complementa a Lei Seca, que entrou em vigor em 19 de dezembro de 2003 em Campo Grande. Ao acabar com a consumação mínima, o legislativa livra o consumidor da obrigação de gastar um valor mínimo nos bares, boates e similares. "Hoje, o consumidor é obrigado a consumir, no mínimo, 10 cervejas para alcançar o valor da consumação mínima de R$ 30", afirmou. A deputada cita ainda que o mínimo tolerado pela legislação de trânsito para dirigir é dois copos de cerveja (o equivalente a 0,6 milígramas de álcool no sangue).

Com a lei, a deputada prevê ainda a queda nas estatísticas de violência e acidentes de trânsito no fim das baladas no Estado. "Queremos preservar a qualidade da família. É justo o consumidor pagar o ingresso e apenas pelo que consumir", ressaltou Celina Jallad.

Agência de Notícias do Legislativo - ANL
Edivaldo Bitencourt

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Janeiro de 2017
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Domingo, 15 de Janeiro de 2017
12:53
Cassilândia
10:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)