Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2015 14:07

Programa tira dúvidas de produtores sobre cadastro ambiental obrigatório

Caroline Maldonado, Campo Grande News

Apesar de obrigatório, o CAR (Cadastro Ambiental Rural) não foi realizado por mais da metade dos produtores de Mato Grosso do Sul. O prazo inicial era 5 de maio, mas foi prorrogado por mais um ano. Porém, até o mês de outubro de 2015, apenas 27% das propriedades rurais preencheram o cadastro, segundo o último levantamento divulgado pelo MMA (Ministério do Meio Ambiente).

A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) lançou um programa para tirar dúvidas e incentivar o cadastramento. O Radar Ambiental realiza palestras direcionadas aos sindicatos rurais, treinamentos regionais e tem uma sobre o tema, além de divulgar vídeos educacionais.

A cartilha "Perguntas e Respostas sobre o Novo Código Florestal e o CAR" está disponível no site www.famasul.com.br. O material traz também respostas às dúvidas sobre APP (Área de Preservação Permanente) e sobre áreas de reserva legal. A ideia é evitar que os produtores percam o prazo final para o cadastramento, que 5 de maio de 2016.

Como fazer - O cadastro faz parte de um sistema que irá montar um panorama das propriedades rurais do país. As inscrições podem ser feitas no site do Imasul.

O endereço do portal é www.imasul.ms.gov.br. Ao acessar o site, o produtor deve clicar em “Siriema”, ícone que fica no lado direito do portal. Nesta área, há mais uma sessão identificada como “Siriema”, onde o produtor deve se cadastrar informando dados pessoais ou jurídicos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)