Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/09/2007 14:30

Programa prevê atendimento pelo SUS a detentos de MS

Marta Ferreira - Campo Grande News

Reunião realizada nesta manhã entre os secretários estaduais de Saúde, Beatriz Dobashi, de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, a coordenadora nacional de Política de Atenção à Saúde da População Carcerária, Maria Cristina Fernandes, e a assessora do Ministério, Lany Valente, discutiu a implantação em Mato Grosso do Sul de um programa que prevê atendimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde) aos presos do Estado.

A ação está prevista na Política Nacional de Atenção Básica à População Carcerária, firmada por meio de um termo interministerial. No País, 11 estados estão em fase de execução do programa e, até o fim deste ano, Mato Grosso do Sul também fará parte do processo de implantação desta nova política.

“A idéia é incluir toda a população carcerária no SUS. A proposta dos ministérios é que sejam organizadas ações de saúde dentro das unidades prisionais com equipes multiprofissionais (médicos, enfermeiros, dentistas e auxiliares) em unidades com mais de 500 pessoas privadas de liberdade”, afirmou a coordenadora nacional, Maria Cristina.

A secretária de Saúde Beatriz Dobashi avaliou positivamente a novidade. “De janeiro a julho já foram investidos mais de R$ 1,8 milhão somente com plantões e medicamentos com a população carcerária do Estado”, comentou. “O fato de o Ministério da Saúde contribuir com nosso trabalho é de grande valia. Já temos algumas equipes trabalhando nos presídios e a expectativa é de uma implantação gradativa do programa a partir de outubro”, completou.

População alvo - Dados da Sejusp informam que Mato Grosso do Sul tem uma população carcerária de 11 mil pessoas, distribuídas em 37 unidades. A princípio, o programa será implantado somente nas unidades prisionais, excluindo as cadeias públicas e carceragens de delegacias que abrigam presos. (Com informações da assessoria de imprensa do governo do Estado)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)