Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/02/2004 16:55

Programa confirma qualidade do rebanho do Estado

Cristiane Sandim - Seprotur

Busca pela qualidade. Essa é uma das principais metas do Programa Novilho Precoce, desenvolvido há 12 anos pela Secretaria de Produção e Turismo do Estado (Seprotur), em parceria com a Secretaria de Receita e Controle (Serc) e a Delegacia Federal da Agricultura (DFA). Com a iniciativa todos saem ganhando. O produtor antecipa o lucro e alivia as pastagens, os frigoríficos cadastrados trabalham com produtos de qualidade e os consumidores passam a adquirir carne com garantia de procedência.

Os últimos dados do Programa no Estado mostram que o ano de 2003 alcançou 215 mil animais abatidos como precoce em Mato Grosso do Sul superando em 12% o número de animais abatidos como precoce em 2002. O governo do Estado também devolveu aos produtores um incentivo financeiro de R$ 2,4 milhões. Só no ano passado 243 produtores se cadastraram no programa totalizando dois mil pecuaristas inscritos. “O resultado deve-se a excelente atuação da Câmara Setorial da Bovino e Bubalinocultura”, justifica o secretário executivo do Programa Novilho Precoce, Cláudio Sá Earp. A meta do governo, explica o secretário executivo do Programa, é de atingir 15% do rebanho sul-mato-grossense abatido como precoce até 2006. Atualmente 11 frigoríficos estão cadastrados no Programa sendo que seis deles apresentam habilitação para a exportação, onde Mato Grosso do Sul contribui com 50% da carne exportada em nível nacional.

Com um rebanho atual de 24,9 milhões de cabeças, de acordo com informações da Iagro, o secretário de Produção e Turismo, José Antônio Felício, acredita que, embora haja uma grande concorrência com Mato Grosso, em relação ao número de cabeças, a qualidade da carne oferecida pelos produtores de Mato Grosso do Sul não deve ser superada.


Lucro confirmado

A engenheira agrônoma e pecuarista, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, faz parte dos produtores que acreditam e investem na carne de qualidade como um processo vantajoso. Há mais de um ano Tereza trabalha com a produção de novilho precoce e diz estar tão satisfeita com os resultados e que até faz planos de expansão. “O produtor precisa aprender a fazer contas para ver os resultados. Quando se está aberto a novas propostas é importante a analisar os ganhos e se for positivo é só investir e esperar os resultados”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)