Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/12/2004 15:10

Programa capacita conselheiros municipais de educação

ACS - MEC

A capacitação dos conselheiros municipais de educação é uma das prioridades da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC). Com o objetivo de discutir o tema, começou hoje, 7, em Brasília, o 15º encontro regional do Programa Nacional de Capacitação de Conselheiros Municipais de Educação (Pró-Conselho).

O evento, promovido pela SEB, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), vai atender os educadores de Goiás. Até hoje, já foram capacitados mais de 2,5 mil conselheiros de 800 municípios de todo o país.

O Pró-Conselho tem como objetivo ampliar a capacidade de entendimento e de atuação dos conselheiros. Eles são interlocutores da comunidade com os gestores locais na tarefa de avaliar, definir e fiscalizar as políticas educacionais.

Existem hoje, no Brasil, cerca de 1,6 mil conselhos municipais de educação. “Queremos incentivar e qualificar a participação da sociedade para garantir uma educação de qualidade em todas as escolas do país”, explicou Arlindo Queiroz, coordenador de fortalecimento institucional dos sistemas de ensino.

Para Jamil Cury, professor da PUC-MG e membro do Conselho Nacional de Educação (CNE/MEC), a atuação no conselho é conjunta, ao contrário de uma ação pessoal. “Lá não prevalece a vontade individual do chefe ou de um determinado membro. O que prepondera é a vontade majoritária”, disse. Segundo ele, a colaboração recíproca entre os conselhos de educação, mais do que uma recomendação, é necessária. “Hoje, as distâncias se aproximaram muito e não se justifica mais o encastelamento de um conselho em si”, afirmou Cury.

Experiências – A professora Sônia Ferreira Rezende, de Joviânia (GO), vai levar ao secretário de educação do município as experiências relatadas durante o encontro. “Estou participando da capacitação a pedido dele porque no ano que vem vamos montar um conselho em Joviânia”, disse.

Segundo a professora, uma alternativa para melhorar a educação é dialogar com a comunidade e ouvir as verdadeiras necessidades dos estudantes.

Repórter: Flavia Nery

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)