Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/01/2005 15:24

Programa alimentar trocará cesta básica por cartão

Maristela Brunetto / Campo Grande News

A Setass (Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária) está fazendo levantamentos para ainda este ano proceder a substituição da cesta básica de 32 quilos de alimentos do programa Segurança Alimentar por um cartão magnético. Seria uma forma de dar autonomia às 60 mil famílias beneficiadas para comprar os alimentos de acordo com suas necessidades.
A alteração foi solicitada pelo governador Zeca do PT mas ainda não tem data para começar a valer, segundo o secretário da Setass, Sérgio Wanderly Silva. Em junho do ano passado foi aprovado projeto prevendo a substituição, apresentado pelo deputado estadual Waldir Neves (PSDB), que depois foi vetado pelo governador.
Silva diz que o projeto de Segurança Alimentar e o Bolsa Escola, que atendem juntos 80 mil famílias, deverão dar maior enfoque este ano nas chamadas reuniões sócio-educativas, para ter mais contato com as famílias e identificar demandas. A ação do poder público incluiu a assistência básica e outras ações sociais, como ensino, qualificação profissional, lazer. Isso com a estrutura própria do poder público ou com ajuda de entidades e até da igreja. É o que o secretário chama de intersetorialidade, ou seja, o envolvimento das diversas esferas do governo, prefeitura e comunidade.
Um exemplo da ampliação da atuação dos programas, cita Silva, foi a inclusão de famílias dos programas sociais em projetos habitacionais. Conforme ele, a pretensão é dar maior apoio possível às famílias para que possam adquirir condições de subsistência e se emancipem do apoio. O secretário comenta que a condição de excluído exige tempo para ser mudada, para que a pessoa supere a “subalternidade” e assuma o chamado “protagonismo”.
Primeiro houve um planejamento em nível estadual e agora cabe a cada município se programar para acompanhar os dois projetos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)