Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/04/2004 15:25

Profissão de motoboy poderá ter legislação própria

Agência Câmara

Encontra-se na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público o Projeto de Lei 3334/04, que cria a profissão de transportador de mercadorias por meio de motocicleta (motoboy). Para o autor da proposição, deputado Carlos Nader (PFL-RJ), a categoria de motoboy não pode mais ser ignorada, já que atua em todo território nacional, com destaque para as grandes capitais. Em sua avaliação, o impacto desses profissionais no transporte urbano de pequenas cargas e no trânsito das grandes cidades impõe a necessidade de se elaborar legislação específica que garanta alguns aspectos especiais desse tipo de trabalho.
Pelo texto apresentado, será considerado motoboy todo transportador de mercadorias que exercer profissionalmente a atividade de entrega e utilize como meio de transporte a motocicleta. A proposta prevê que, por ser considerada uma atividade de alto risco, o profissional fará jus à aposentadoria especial.

Carga horária e remuneração
A jornada de trabalho dos motoboys será de seis horas diárias. As horas trabalhadas extraordinariamente serão remuneradas com acréscimo de no mínimo 50% sobre o salário, cujo piso será de dois salários mínimos. Os serviços prestados entre 19 e 6 horas sofrerão um acréscimo de, no mínimo, 70% sobre o trabalho normal. Além disso, o motoboy fará jus a percentual calculado sobre o valor das mercadorias que entregar, na forma de acordo ou convenção coletiva.

Pré-requisitos
Para o profissional obter o registro como motoboy, ele deverá atender as seguintes condições:
1. ser maior de 18 anos;
2. possuir carteira de habilitação na categoria A há mais de um ano;
3. apresentar atestado médico que comprove sua aptidão física e mental, o qual deverá ser renovado semestralmente; e
4. possuir carteira de trabalho.

Tramitação
A proposição aguarda designação de relator. Se aprovada, seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania que apreciará sua constitucionalidade e juridicidade em regime conclusivo.



Da Redação/MS



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)