Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/07/2004 09:04

Professores querem incorporar gratificação aos salários

Agência Brasil

A instituição de gratificação específica para os professores do ensino fundamental, médio e tecnológico das universidades, no lugar da Gratificação de Incentivo à Docência (GID), não satisfaz totalmente a categoria, segundo o coordenador geral do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Profissional (Sinasefe), William do Nascimento Carvalho. Ele afirmou que, embora seja um avanço nas reivindicações junto ao governo, os professores vão continuar lutando em 2005 para que o benefício seja incorporado aos salários.

O representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) nacional, Jacy Afonso de Melo, entidade à qual o Sinasefe é filiado, disse que os servidores públicos tiveram uma interrupção na negociação por salários entre 1995 e 2002 e, nesse período, as carreiras não foram valorizadas. Ele também considera que a gratificação anunciada pelo ministro do Planejamento, Guido Mantega, e pelo ministro interino da Educação, Fernando Haddad, é um avanço mas ainda não atende a recomposição dos salários dos professores do ensino superior. Para o ministro Fernando Haddad, as negociações do governo, que culminaram com a gratificação entre 6,9% e 51,9% sobre o valor dos salários dos professores, mostram como o diálogo pode construir.

Os professores graduados ganhavam, pela GID, R$ 135,20 e agora vão receber 321,23 por uma carga de 20 horas. Aqueles que cumprem 40 horas passam de R$ 268,8 para R$ 572,60. Esses valores correspondem também às gratificações para os professores em aperfeiçoamento e especialização. Aqueles que têm mestrado e que cumprem 20 horas passam a receber R$ 428,77, contra R$ 260,8 que vinham recebendo. Os que cumprem 40 horas sobem de R$ 652 para R$ 969,18. Os professores da categoria Doutorado ganhavam R$ 380,9 para um trabalho de 20 horas e agora vão perceber R$ 530 de gratificação. Para os que trabalham 40 horas a gratificação sobe de R$ 952 para R$ 1.265,00.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)