Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/10/2010 07:48

Professores percebem problemas de voz, mas não os correlacionam com limitações no

Agência Notisa

AGÊNCIA NOTISA - Um estudo realizado com 502 educadores brasileiros de escolas
públicas municipais revela que eles percebem problemas vocais, mas não enxergam de
forma tão clara que esses problemas podem levar a restrições. Para Maria Lúcia
Suzigan Dragone, professora do Centro Universitário de Araquara (UNIARA), isso
talvez possa explicar porque esses profissionais têm pequena participação em
programas de saúde vocal.



A pesquisadora conta no artigo, que ainda será publicado no periódico internacional
Folia Phoniatrica et Logopaedica - International journal of Phoniatrics, Speech
therapy and Communication Pathology -, que chegou a esta conclusão após analisar
dados obtidos a partir do questionário Voice Activity and Participation Profile
(VAPP), ministrado aos participantes. Maria Lúcia afirma que correlacionou as
informações com resultados prévios da literatura de grupos disfônicos e não
disfônicos. Vale lembrar que disfonia é definida como qualquer perturbação da voz,
manifestada por rouquidão ou outros defeitos de fonação, devido a causas orgânicas,
funcionais ou psíquicas.



Segundo Maria Lúcia, a \"pontuação dos educadores ficou próxima a do grupo de não
disfônicos com relação à comunicação diária e social, e limitações emocionais e de
atividade, mas a percepção de problemas na voz ficou mais próxima daquela observada
no grupo disfônico\".


Agência Notisa (science journalism - jornalismo científico)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)