Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Março de 2017

Últimas Notícias

12/10/2010 07:48

Professores percebem problemas de voz, mas não os correlacionam com limitações no

Agência Notisa

AGÊNCIA NOTISA - Um estudo realizado com 502 educadores brasileiros de escolas
públicas municipais revela que eles percebem problemas vocais, mas não enxergam de
forma tão clara que esses problemas podem levar a restrições. Para Maria Lúcia
Suzigan Dragone, professora do Centro Universitário de Araquara (UNIARA), isso
talvez possa explicar porque esses profissionais têm pequena participação em
programas de saúde vocal.



A pesquisadora conta no artigo, que ainda será publicado no periódico internacional
Folia Phoniatrica et Logopaedica - International journal of Phoniatrics, Speech
therapy and Communication Pathology -, que chegou a esta conclusão após analisar
dados obtidos a partir do questionário Voice Activity and Participation Profile
(VAPP), ministrado aos participantes. Maria Lúcia afirma que correlacionou as
informações com resultados prévios da literatura de grupos disfônicos e não
disfônicos. Vale lembrar que disfonia é definida como qualquer perturbação da voz,
manifestada por rouquidão ou outros defeitos de fonação, devido a causas orgânicas,
funcionais ou psíquicas.



Segundo Maria Lúcia, a \"pontuação dos educadores ficou próxima a do grupo de não
disfônicos com relação à comunicação diária e social, e limitações emocionais e de
atividade, mas a percepção de problemas na voz ficou mais próxima daquela observada
no grupo disfônico\".


Agência Notisa (science journalism - jornalismo científico)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Março de 2017
Quarta, 22 de Março de 2017
21:53
Cassilândia
20:41
Loteria
Terça, 21 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)