Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/10/2005 14:52

Professores discutem proposta de reajuste salarial

Marli Moreira / ABr

Os professores da rede federal de ensino superior, que estão em greve há 47 dias, discutem, hoje e amanhã, em assembléias, uma nova contraproposta de reajuste salarial para ser apresentada na próxima rodada de negociações com o governo, marcada para quarta-feira (19). Na última sexta-feira (14), o Ministério da Educação anunciou um reajuste de 25%, que será possível com a liberação de R$ 500 milhões, autorizada pelo presidente Luiz Ignácio Lula da Silva.

O vice-presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), Paulo Rizzo, alertou, no entanto, que o percentual de aumento não é linear, nem será concedido de imediato. "Só deve ocorrer em alguns casos isolados e atinge apenas os profissionais que tiverem evolução na carreira", disse Rizzo. Mesmo assim, prevê teto máximo de 20% para os que conseguiram mudar de uma classe para outra.

Ele explicou que existem quatro classes: professor auxiliar (graduado); professor assistente (com título de mestrado); professor adjunto (com título de doutorado) e as titulações por concurso. "O governo criou uma boa perspectiva, que foi a chance de uma classe intermediária, a do associado (entre o adjunto e titular), mas ainda assim a previsão é de reajuste progressivo de até 12%", acrescentou Rizzo.

Segundo ele, a Andes defende aumento para todos os professores na faixa de 18% para incorporação imediata na folha de pagamento. "Esperamos melhorar a proposta na próxima mesa de negociações", disse o líder sindical.

Os representantes dos grevistas deverão ser recebidos em Brasília pelo secretário adjunto do Ministério da Educação, Ronaldo Teixeira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)