Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/06/2011 23:12

Professores de MS continuam em Buenos Aires

G1

Um grupo de 37 professores brasileiros que participou do Congresso Internacional de Educação na América Latina, em Buenos Aires, na Argentina, e que não conseguiu embarcar de volta para o país em razão do cancelamento de voos provocado pelas cinzas do vulcão chileno Puyehue, está voltando de ônibus para o Brasil. Eles saíram no início da noite desta sexta-feira (10).

O ônibus foi fretado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), e está trazendo professores de vários estados do país. A previsão é que o veículo passará pelas cidades de Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Permanecem na Argentina, os quatro integrantes da delegação de Mato Grosso do Sul que participou do evento, e mais alguns professores brasileiros.

Segundo o professor Jaime Teixeira, presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), ele e outras duas pessoas da equipe pretendiam voltar nesta quinta-feira (9), mas todos os voos foram cancelados.

Teixeira conta que a empresa aérea informou que a nova data da volta seria no sábado (11), porém, o voo ainda não foi confirmado. Caso ocorra um novo cancelamento do voo, a delegação de Mato Grosso do Sul possui um “plano B”. O grupo pretende alugar uma van e viajar até Assunção, no Paraguai, de onde poderão embarcar em um voo para o Brasil.

Lado positivo
A professora sul-mato-grossense Fátima Silva, que no Congresso foi reeleita vice-presidente da Internacional da Educação para a América Latina, conta que apesar dos problemas causados pelas cinzas, o evento teve um aspecto muito positivo.

“Pessoalmente é uma grande satisfação, comecei a dar aulas à quase 28 anos em Coronel Sapucaia (cidade a 380 quilômetros de Campo Grande), o evento conta com a participação de representantes de 19 países da América Latina, além de alguns países europeus convidados, e, eu ser reeleita, é o reconhecimento de uma vida de luta e trabalho”, diz.

A professora Fátima ainda participará de reuniões neste sábado e pretende voltar ao Brasil na segunda-feira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)