Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/08/2011 18:56

Professores de escolas públicas param em 21 estados

Agência Brasil

Brasília - Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), 21 estados aderiram à paralisação nacional dos professores de escolas públicas. Foram confirmadas 17 redes estaduais e 25 municipais que aderiram a paralisação que ocorreu somente hoje (16). Amanhã as atividades voltarão ao normal, segundo a CNTE.

A paralisação foi uma forma de cobrar o cumprimento da legislação que estabeleceu um piso salarial do magistério, que determina que nenhum professor da rede pública com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais pode ganhar menos do que R$ 1.187 mensais.

A CNTE teve uma audiência hoje com o ministro da Educação, Fernando Haddad, na qual foi pedido o cumprimento da lei. “O ministro se mostrou favorável ao movimento e disse que vai intermediar por nós”, disse Roberto Leão, presidente da CNTE.

Em alguns lugares, durante a paralisação, houve atos públicos, assembleias e passeatas. Em Brasília, foi feita uma conferência com os professores. Rosilene Corrêa, diretora do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), disse que mil professores, aproximadamente, compareceram à conferência. “Meu balanço é que o dia foi positivo e, pelo número de presentes, acredito que houve, no mínimo, 30% de adesão de professores à paralisação”.

Segundo a Secretaria de Educação do Distrito Federal (DF), 1% das escolas do DF aderiu à paralisação e nenhuma escola teve paralisação total, foi apenas parcial.


Edição: Rivadavia Severo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)