Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/09/2013 19:09

Professora morre com suspeita de H1N1

Campo Grande News

A professora Leliane Rocha Andrade Oliveira, de 28 anos, morreu neste sábado (21) em um hospital na cidade de Dourados, com suspeita de gripe H1N1. A vítima teria passado mal na quinta-feira (19) e procurado atendimento na unidade do Cassems de Nova Andradina.

Em nota enviada ao site Nova News, o hospital afirmou que a morte da professora possa ter ocorrido em decorrência de gripe H1N1.

Devido à complexidade do caso, a professora foi transferida, durante a noite, para Dourados, em um hospital da mesma rede, onde não resistiu e morreu em poucas horas. Pessoas próximas a Leliane Oliveira afirmaram que ela esteve afastada das salas de aula na última semana por estar acompanhando sua filha de quatro anos, que permanecia internada no mesmo hospital.

Durante o período de internação, a criança teria contraído outra enfermidade diferente daquela que havia motivado sua entrada na unidade hospitalar. A filha da vítima teria recebido alta médica na quarta-feira (18). Ainda de acordo com amigos e familiares, Leliane Oliveira teria entrado no hospital por volta das 17h30 e, no início da madrugada, sofrido parada cardíaca, motivo pelo qual foi transferida, ainda segundo informações do Nova News.

Existe a suspeita, por parte dos familiares, de que a professora teria dado entrada no hospital de Dourados já sem vida. Atualmente a professora lecionava na Escola Estadual Fátima Gaiotto Sampaio, em Vona Andradina, para alunos dos ensinos Fundamental e Médio. O diretor da escola, Fábio Zanatta, em nome de todos os funcionários, lamentou o ocorrido e disse estar à disposição da família para auxiliar no que for necessário.

O sepultamento aconteceu na manhã deste sábado (21) no Cemitério Municipal de Nova Andradina.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)