Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/10/2013 14:19

Professor investigado por fraudar concurso está suspenso das aulas

Campo Grande News

O professor Waldemir Ribeiro Acosta, 35 anos, que está sendo investigado por fraudar a prova do concurso público da Polícia Civil, aplicada no domingo (20), em Campo Grande, está suspenso em dar aulas.

A direção da escola estadual Hércules Maymone, onde ele é professor de matemática, não se pronunciou a respeito da situação do educador, mas um funcionário, que não quis se identificar, afirmou que ele está afastado da sala da aula desde ontem (21).

Concurseiro assíduo, Waldemir tem uma ficha extensa de concursos públicos que realizou. Em 2011, por exemplo, ele fez a prova para assistente administrativo da Prefeitura de Sidrolândia, na qual ele ficou em 97º na classificação geral, com 57,5 pontos.

No mesmo ano, ele foi convocado para tomar posse no cargo de assistente de Serviços Organizacionais, do concurso público da Sad (Secretária de Estado de Administração de MS), mas não assumiu.

Waldemir está sendo acusado de passar as respostas das provas do concurso da Polícia Militar, realizado no domingo anterior, dia 13 de outubro, e também no da Polícia Civil, aplicada ontem, aos ex-alunos dele, os gêmeos Diego e Tiago Feliciano Rodrigues, 27 anos.

Segundo a delegada Ariene Cury, os gêmeos foram alunos do Waldemir em 2010, no cursinho Pró Jovem, no bairro Dom Antônio Barbosa. No concurso deste final de semana, os irmãos fizeram a proposta de inscrevê-lo e tinham adiantado o pagamento de R$ 100 dos R$ 500 que ele receberia.

Histórico público - Nas eleições municipais de Campo Grande, em 2004, Waldemir foi candidato a vereador pelo PSDB e ficou como suplente do partido, conforme informações contidas em documentos do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

O acusado também foi presidente da ONG (Organização Não Governamental) Instituto Sementes do Amanhã, que trabalha em prol de pessoas carentes. A gestão dele foi de 2008 a 2011. No último ano, ele organizou um mutirão de Páscoa e doou 150 ovos de chocolate para crianças carentes atendidas pela Pastoral Social dos Vicentinos e da Pastoral da Criança no bairro Tijuca II.

Em março deste ano, o professor foi homenageado na Câmara Municipal de Campo Grande, pelo vereador Flávio César, com o título de Jovem Cristão, pelo papel que desempenhou em prol da sociedade carente da Capital.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)