Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/04/2012 11:31

Professor é esfaqueado por estudante na Capital

Campo Grande News

Alunos e funcionários da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues viveram momentos de terror na noite de ontem após um aluno esfaquear professor e outro ameaçar estudantes com revólver.

Segundo boletim de ocorrência registrado pelo diretor, a confusão começou por volta das 20h20, quando bate o sinal para os alunos trocarem de sala.

“Saímos no corredor e vimos a confusão. Todo mundo chorando, desesperado, um verdadeiro horror e o menino apontando a faca pra cabeça do diretor”, conta uma estudante do 3º ano do Ensino Médio.

Na versão da aluna, o agressor teria invadido a sala do 1º ano com uma faca em mãos para tirar satisfações com a namorada, que estuda na sala. Depois de ouvir boatos de colegas da escola, ele acusava a menina de ter saído com o outro rapaz. O professor de física, que estava na sala de aula no momento, tentou impedir o aluno de entrar no local e agredir a menina, mas acabou sendo vítima do estudante.

Já o diretor da escola, Edivaldo Lourenço da Silva, no boletim de ocorrência, diz que a agressão aconteceu porque o autor e namorada estavam conversando na porta da sala, o professor foi chamar a atenção, mas o aluno não gostou e agrediu o funcionário.

Após o desentendimento, o aluno esfaqueou o professor no ombro e no braço esquerdo. Os golpes atingiram de raspão. A faca tinha cerca de 15 centímetros e o estudante teria entrado com ela dentro da mochila.

Após a agressão, o estudante saiu correndo e tentou fugir da escola, mas o portão estava fechado. O diretor tentou conversar com o garoto, mas o estudante teria apontado a faca para a cabeça do funcionário, enquanto chutava o portão e ameaçava agredi-lo: “Não vem não que eu furo mais gente e te furo também”, contou o diretor no boletim de ocorrência.

“Ele começou a contar até três e disse que se o diretor não abrisse o portão ele iria matá-lo. O diretor abriu e o menino chamou a namorada para ir junto. Os dois fugiram”, conta a estudante.

A Polícia Militar foi acionada e iniciou rondas na região, com o objetivo de encontrar o estudante. Os alunos foram levados de volta para as salas de aula e aguardavam para serem liberados quando outro aluno saiu no corredor e começou a ameaçar estudantes e funcionários com um revólver.

“A gente acha que ele ficou com medo por conta da presença da Polícia, de que descobrissem que ele estava armado, e acabou se desesperando e se entregando”, tenta explicar.

Segundo os estudantes, o aluno dizia que iria matar “todo mundo” se pegassem ele. No entanto, a PM foi acionada e não encontrou arma com o estudante ou dentro da escola.

Segundo a direção da escola, o estudante que esfaqueou o professor foi capturado pela Polícia em sua residência. O professor foi encaminhado para unidade de saúde, mas já foi liberado.

Insegurança - Moradores vizinhos da escola disseram à reportagem que viram todo o tumulto em frente ao local e que brigas no local são constantes. “É direto briga nessa escola”, afirmou Plácito Heleno Ramires, de 21 anos.

Uma estudante contou que outros casos de estudantes entrarem no local com armas já aconteceu, sendo que em um dos incidentes um aluno ficou ferido. No entanto, a aluna diz que os incidentes acabam não sendo divulgados.

Os estudantes também afirmam que não existe segurança no local, sendo apenas um agente patrimonial que faz a vigilância. \"Todo mundo entra com o quer na mochila. O agente não usa nem cacetete\", diz.

Já o diretor diz que nunca tinha presenciado outros casos de violência e que o aluno que agrediu o professor não tinha histórico problemático. “Ele não era um menino com histórico escolar. Nunca tinha acontecido incidente como este”, diz o diretor.

A Secretaria Estadual de Educação (SED) informou que uma nota com a versão da escola deve ser divulgada até o fim da manhã.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)