Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/06/2013 16:06

Professor destaca papel das redes sociais na convocação de protestos

Alana Gandra, Agência Brasil

Rio de Janeiro – O uso das redes sociais é a grande novidade na arregimentação de pessoas no século 21 e chega agora ao Brasil, após mostrar sua força em países europeus, asiáticos e africanos, disse hoje (18) o professor de comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Vítor Iório. Para ele, trata-se de uma ferramenta poderosa, por ser online e não ter obrigatoriedade de identificação – tanto pode ser legitimada pela assinatura quanto ser anônima.

"Nada disso impede que ela [ferramenta] arregimente uma legião de jovens.” A arregimentação, que começa com os mais jovens, em poucos instantes, consegue envolver os jovens mais adultos e, por fim, os adultos propriamente ditos, observou o professor . “Essa ferramenta não está mais em discussão. Ela é uma realidade”, disse Iório à Agência Brasil.

A análise dos discursos midiáticos de hoje mostra que, diferentemente do que se imagina, o movimento disseminado pelo Brasil não é apartidário, nem tem como motivação exclusiva o protesto contra os preços das passagens ou a falta de dinheiro no bolso, observou. “Não é nada disso. Eu diria que é a crise do capitalismo, que hoje mostra sua face mais perversa, mais cruel e violenta, que quebrou todas as utopias possíveis.”

Segundo o professor, o capitalismo, por necessidade de consumo exacerbado e pela velocidade de propostas buscando o lucro, acabou banalizando o homem contemporâneo, que está em crise. “Então, muitas vezes, eles são arregimentados pelas redes sociais, vão para a rua protestar contra a sua principal vontade de responder ao que está trazendo uma crise existencial tão grande. ”

Iório ressaltou, porém, que, pela velocidade de mobilização e pelo anonimato nas redes sociais, este é um mecanismo perigoso. “O perigo é total”, disse o professor, que aponta também uma crise de identidade no atual movimento. “Porque banaliza esse homem do século 21, principalmente o jovem, e dá a ele um discurso anônimo e assumidamente apolítico, como eles gostam de dizer.” Dizendo não acreditar em nada que seja apolítico, Iório pergunta: “Como se pode ficar fora dessa conversa, da negociação política? Só mesmo um anônimo.”

Para o professor, um ponto importante, que veio à tona recentemente, com o programa de vigilância das comunicações nos Estados Unidos, é a possibilidade de invasão da privacidade dos cidadãos, por e-mail ou pelas redes sociais. “Essa infiltração é claríssima nas manifestações”, disse Iório. Na cabeça da maioria das pessoas, trata-se de um movimento pacífico, apolítico, mas tem sempre "um grupo infiltrado para radicalizar e quebrar toda essa situação do Estado Democrático, do Estado de Direito”, ressaltou.

Na opinião de Iório, as manifestações envolvem outros interesses. “Acho que os que defendem o capitalismo estão em pânico porque, hoje em dia, este não é um sistema mais defensável”. Para Iório, é provável que os protestos estejam ligados ao interesse de um ou mais partidos, embora isso não esteja claro.

Edição: Nádia Franco

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)