Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/04/2005 13:03

Professor desenvolve programa que corrige provas

Dourados News

Um programa desenvolvido durante seis anos pelo professor de sociologia Ed Brent, da Univerisdade de Missouri (www.missouri.edu), nos Estados Unidos, vem sendo testado com alunos desde 2003. O software promete ser um grande auxiliar dos docentes.

Batizado de Qualrus, o programa faz a correção das provas, analisando sentenças e até mesmo a estrutura do texto, interpretando idéias e argumentos. Brent garante que o programa é muito sofisticado e não se limita a um leitor de códigos. As provas são escaneadas e analisadas por meio de palavras-chave, frases e padrões de linguagem específicos.

Os alunos baixam os resultados com "anotações" diretamente do sistema através da Web. Cada trabalho recebe uma nota numérica baseada em uma série de requisitos pré-estabelecidos pelo professor.

Brent estima ter economizado mais de 200 horas de trabalho por semestre no curso de sociologia, que é frequentado por 140 alunos. Ele diz que avaliações finais, que ele lê de fato, estão muito melhores por conta da ajuda do programa, que custa US$ 399 para escolas e US$ 699 para empresas, por unidade.

O Qualrus não é o primeiro programa desse tipo. Escolas de ensino médio no estado de Indiana já utilizam um sistema parecido, o e-rater, para avaliar testes de inglês.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)