Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/01/2014 10:21

Professor de jiu-jitsu é suspeito de usar carro da mulher para cometer estupros

Portal Terra
De acordo com a Polícia Civil do Amazonas, Carlos Alessandro dos Santos, 33 anos, foi preso na casa onde vivia com sua mulher, no bairro Costa Azul (Foto: Divulgação/Polícia)De acordo com a Polícia Civil do Amazonas, Carlos Alessandro dos Santos, 33 anos, foi preso na casa onde vivia com sua mulher, no bairro Costa Azul (Foto: Divulgação/Polícia)

Um professor de jiu-jitsu suspeito de ter cometido dois estupros, em junho de 2013, em Manaus, foi preso nesta terça-feira, na capital amazonense, depois de ameaçar agredir sua mulher.

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas, Carlos Alessandro dos Santos, 33 anos, foi preso na casa onde vivia com sua mulher, no bairro Costa Azul.

Na Delegacia Territorial (DT-Boca do Rio), para onde o professor foi encaminhado, policiais constataram que Carlos é suspeito de ter praticado dois estupros. As vítimas, uma mulher de 28 anos e uma jovem de 19, portadora de necessidades especiais, estiveram na 9ª DT, no final desta manhã, e reconheceram o professor como autor dos crimes. Uma mulher, que pode ser a terceira vítima do lutador, é aguardada para fazer o reconhecimento.

Segundo a delegada Rogéria Araújo, titular da 9ª DT, o professor já vinha sendo investigado, pois uma das vítimas anotou a placa do automóvel que ele dirigia no dia dos ataques, e a forneceu à polícia.

O carro que teve a placa identificada pertence à mulher do professor, que, segundo a polícia, não sabia dos crimes. Carlos cometia os abusos no interior do veículo, de acordo com as denúncias. “As vítimas eram escolhidas aleatoriamente, em locais e horários de pouco movimento, e, usando técnicas de jiu-jítsu, as puxava para dentro do veículo e as estuprava”, disse a delegada.

Autuado em flagrante pelo crime de ameaça contra a mulher, com quem morou por dois anos, Carlos também foi indiciado pelos dois estupros. A delegada solicitou à Justiça medida protetiva impedindo que ele se aproxime a menos de 300 metros da companheira. O suspeito será encaminhado ao Núcleo de Prisão em Flagrante, no Complexo Penitenciário da Mata Escura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)