Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/04/2015 15:32

Professor de 40 anos morre na Santa Casa e suspeita é dengue hemorrágica

Campo Grande News

O professor Jucinei de Almeida Pereira, 40 anos, morreu, por volta das 11h desta terça-feira (28), na Santa Casa de Campo Grande. Coordenador das Escolas Pantaneiras em Anastácio, a 135 quilômetros da Capital, ele apresentou os sintomas da doença na semana passada e foi transferido no início da noite de ontem.

De acordo com o site O Pantaneiro, Jucinei teve o diagnóstico para dengue hemorrágica confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde de Anastácio. O resultado do exame saiu na sexta-feira.

Inicialmente, o professor apresentou os sintomas da dengue, como dor de cabeça e vômito. Segundo uma amiga da família, Arilda Faria, ele também tinha coceira pelo corpo. Além de ir ao médico, Jucinei tomou remédios caseiros indicados por amigos e vizinhos.

Só com a confirmação da dengue e o estado mais grave a doença, Jucinei foi transferido para Campo Grande. Ele deu entrada às 20h42 de ontem e foi internado diretamente no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa.

Como havia um coagulo no cérebro, o hospital informou, por da assessoria de imprensa, que o professor sofreu um AVC (Aneurisma Vascular Cerebral).

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, quatro mortes por dengue já foram confirmadas neste ano no Estado: duas em Sonora, uma em Paranhos e outra em Corumbá. Uma quinta está sendo investigada em Aparecida do Taboado.

O último boletim revela que 38 cidades enfrentam situação de epidemia no Estado, com a incidência acima de 300 casos por 100 mil. No total, são 15,8 mil casos notificados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)