Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/05/2006 16:37

Produtores rurais rejeitam medidas e mantêm protestos

Aline dos Santos e Paulo Fernandes / Campo Grande News


O presidente da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul), Leôncio de Souza Brito, que participa de reunião com representantes de 29 sindicatos rurais, já anunciou que os produtores rejeitaram as medidas de ajuda ao setor agrícola anunciadas pelo governo federal e vão manter os protestos.

“Vamos continuar protestando dentro da legalidade, sem bloquear Agenfas [Agências Fazendárias] ou rodovias”, salienta. As medidas citadas já haviam sido adotadas durante os protestos do movimento “Alerta do campo”, mas foram impedidas por decisão judicial. O descumprimento acarreta multa de R$ 20 mil ao dia por ponto bloqueado.

Leôncio destaca que os protestos terão caráter informativo, para conscientizar a sociedade das dificuldades enfrentadas pela categoria. “O que acontece no campo tem reflexos no comércio das cidades, a crise afeta a todos”, enfatiza.

O pacote que destina R$ 60 bilhões para o setor agrícola foi alvo de críticas. “Vários setores foram excluídos e não há compromisso com a venda dos produtos agrícolas”, aponta o presidente da Famasul.

Para ele, a solução da crise no campo passa pela alteração na política de vendas dos produtos e não só em medidas de rolagem da dívida. Outra questão é que o pacote não fez menção ao câmbio. “O produtor compra os insumos em dólar, mas vende seu produto em real”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)